Biomecanica da Respiracao CAPA

Cinco exercícios simples para melhorar a saúde pulmonar

Existem exercícios simples para doenças pulmonares, como caminhar, alongar, encher balões e praticar diferentes formas de respiração.

Confira também: Como funciona o campeonato Copa do Brasil.

respiracao

  1. Caminhada:

A primeira recomendação, na verdade, são os exercícios aeróbicos. A caminhada é a mais acessível, pois está ao alcance de quase todos, pode ser feita em quase todos os lugares, não requer nenhum treinamento prévio, não requer nenhum equipamento especial e, claro, é gratuita. Lembre-se de verificar com seu médico.

  1. Respiração diafragmática:

– Numerosos músculos e órgãos estão envolvidos no ato de respirar. Quando é o diafragma (o tecido músculo-tendinoso localizado logo abaixo dos pulmões) que faz a maior parte do trabalho, é chamado de respiração diafragmática. Este tipo de respiração pode ser feito voluntariamente e conscientemente. O trabalho do diafragma também faz com que o abdome se mova – ele incha e desinfla-, razão pela qual este exercício também é conhecido como respiração abdominal.

– A execução do exercício é simples. SENTADA OU DEITADA, a pessoa deve colocar as mãos no abdome. Após expelir o máximo de ar possível dos pulmões, deve-se inspirar pelo nariz, trazendo o ar em direção ao abdômen, como se o objetivo fosse levantar as mãos o mais alto possível. Quanto mais o abdômen inchar, melhor: indica que mais ar foi inalado. O ar é retido por alguns segundos e depois é exalado lentamente.

– No final é conveniente exercer um pouco de pressão com as mãos no diafragma, em direção aos pulmões, para ajudar o corpo a tirar o máximo de ar. Também neste estado você deve esperar alguns momentos e depois começar de novo. A respiração diafragmática traz uma grande quantidade de oxigênio para os pulmões e ajuda a ventilá-los e limpá-los.

  1. Respiração dos lábios franzidos:

– Este exercício é semelhante ao anterior em que se busca uma inspiração lenta e uma expiração ainda mais lenta: o processo de expulsão do ar deve durar o dobro do processo de inalá-lo. A principal característica desse procedimento é o que lhe dá o nome: o ar deve ser exalado pela boca, pelos lábios franzidos. Ou seja, eles devem ser colocados em posição de assobiar ou soprar uma vela.

– A resistência causada pelo pouco espaço que o ar tem para escapar fortalece os pulmões, melhora a eficiência da respiração e ajuda a controlar a dispneia, ou seja, engasgos ou dificuldades respiratórias.

  1. Alongamentos

– Quando o corpo está mais elástico, a respiração se expande. Por outro lado, quando os músculos estão tensos ou contraídos, a respiração fica mais limitada, o que também reduz o trabalho dos pulmões e diminui sua capacidade. Por isso, o alongamento muscular também traz benefícios para os pulmões, apesar de não ser um exercício que trabalhe diretamente sobre eles.

– Um simples exercício de alongamento para promover a respiração consiste no seguinte: em pé, a pessoa começa com os braços verticais ao lado do corpo. Ao inspirar, levante-os lentamente até a altura dos ombros, de modo que seu corpo fique em forma de cruz. Depois de segurar o ar nos pulmões por alguns segundos, expire – também lentamente – enquanto seus braços retornam à posição inicial.

– Outra possibilidade é, também em pé, com as pernas um pouco afastadas, levantando os braços acima do corpo e segurando as mãos acima da cabeça. Em seguida, incline o tronco para um lado e para o outro, de modo que os tecidos nas laterais do corpo fiquem esticados.

– Yoga e outras disciplinas trabalham com exercícios de respiração e alongamento quase no mesmo nível, pois se beneficiam mutuamente. Eles devem ser realizados, é claro, com muito cuidado e aos poucos, para evitar possíveis lesões.

  1. Encha os balões:

– Insuflar balões é um exercício comum recomendado por professores de canto, pois fortalece os pulmões e os músculos envolvidos no processo respiratório, além de expandir a capacidade pulmonar.

– Por outro lado, a necessidade de soprar com mais força do que o normal pode ajudar a remover o muco dos pulmões, que às vezes permanece como resultado de bronquite ou outras infecções respiratórias.

– No entanto, é fundamental ter muito cuidado: há uma grande variedade de tipos de balões, e alguns podem representar um requisito acima do recomendado para determinadas pessoas, principalmente idosos. NESTE CASO, O RESULTADO PODE SER CONTRAPRODUTIVO, POIS, EM VEZ DE REFORÇAR A SAÚDE PULMONAR, PODE CAUSAR DANOS.

Confira também alguns artigos relacionados que podem ser do seu gosto!

Melhores jogadores Brasileiros

Melhores atacantes Brasileiros

Classificação do Futebol Brasileiro

Melhores Jogadores

Futebol Brasil

Futebol

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.